quinta-feira, 16 de junho de 2011

Resumo da Aula de Segurança e Emergência - Prof. Paula

Resumo da aula de Segurança e Emergência
Data: 11/6 

A primeira aula de Segurança e Emergência abordou-se termos técnicos e partes da aeronave, como portas e equipamentos de segurança. Além, de procedimentos adotados no dia dia nos vôos. Esses temas foram intercalados pelas deliciosas histórias e experiências da professora Paula. Também foi  aula em que iniciamos, com sucesso, o serviço de bordo. 
Vamos ao resumo: 

PASSARELA: corredor do avião. E se chama passarela porque é por onde as comissárias desfilam. 

MOCK UP: na aviação é igual a treinamento. 

JANELAS e suas camadas
1º  CAMADA _ vidro de acabamento; 
2º CAMADA _ é um vidro bem espesso e segura todas as pressões e toda a carga de pressurização. 
3º CAMADA:  vidro de acabamento, não tão grosso. 

Todas as janelas tem um furo para ventilação do vidro.  

PORTAS: 
Porta principal  é  a porta que entra os passageiros. 
E a porta do lado do comandante, ou seja, é a porta a esquerda, olhando para o nariz é a porta a esquerda. 

Porta de serviço:  por onde entram os “carrinhos”  e saem os descartes de lixo: 

Um dos equipamentos de emergência presentes na aeronave são os ESCAPE SLIDE  e
SLIDE RAFT, que ficam nas portas. SLIDE significa escorregadeiras. 

ESCAPE SLIDE:  AUXLIO FLUTUAÇÃO ele tem pista única  e somente escorrega um por vez. 
PRIORIDADES: IDOSOS, GESTANTES, CRIANÇAS E PORTADORES E DEFICIENCIAS.  As pessoas seguram nas cordas na lateral. 

SLIDE RAFT : bote / barco:  não é auxilio flutuação é um bote, ele flutua. Encontrado 
TEM PISTA DUPLA. Em caso de vôos transoceânicos, visto que Le flutua e as pessoas são acomodadas dentro do bote. 

NA AIR BUS TEM UM ESCAPE NAS JANELAS.  NAS JANELAS É FIXO e nas portas é móvel. 


KIT DEMO: é o  kit utilizado pelos comissários para as  demonstrações. Contém Mascaras, Sinto,  Cartão e em vôo internacional o  colete  Salva Vidas.  

SALA DO BRIEFING na sala de briefing é onde o comandante fala sobre como será o vôo e o que se espera. Também é o momento da tripulação se apresentar oficialmente e, além de apresentar a DOCUMENTAÇÃO; 

CCF
PASSAPORTE PARA OS VOOS INTERNACIONAIS
CARTEIRA DE VACINAÇÃO
CHT  CERTIFICADO DE HABILIDATAÇAO TECINICA
CRACHÁ
ESCALA
Nota:   A DOCUMENTAÇÃO É RESPONSABILIDADE DE CADA TRIPULANTE. 

Temos a tripulação técnica, que são os pilotos e comandantes  e tripulação comercial, que são os comissários. 

PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA
Os comissários durante o pouso e decolagem devem ficar em alerta, sempre. Seguem alguns termos e nomeclaturas: 

COCK PIT : cabine de comandantes: 

Cock Pit Estéril:  não se pode falar com a cabine Cock Pit _ só em caso de emergência. 

Dica: quando se pergunta para a cabine. No momento do aviso  de soltar o sinto. 

PREPARAR PARA O POUSO: aviso para organizar a cabine para o pouso. Nesse momento não se fala com a cabine. 

POUSO AUTORIZADO: sentar,  porque está próximo do pouso. 


COLETE AMARELO:  TRIPULANTE 
COLETE VERMELHO: PASSAGEIRO

SEGURANÇA E EMERGENCIA: 

ARREMISSAGEM: POUSO NO MAR 


ACIDENTE NA AVIACAO FALTA DE SEGURANÇA:
TRIPULACAO MAL TREINANDA
USO INADEQUADO DO EQUIPAMENTO
MA CONSERVAÇÃO DO EQUIPAMENTO

SEGURANÇA É A CONDICÃO DE REDUZIR AO MAXIMO AS POSSIBILIDADES DE RISCO. 

EMERGENCIA:  emergência toda situação que foge a normalidade, pondo em risco a segurança do avião e conseqüentemente a de seus ocupantes: 
Ex: se o fogo for controlado/
Saúde: sem pré emergência:

SITUAÇÃO DE EMERGENCIA:
DESPRESSURIZAÇÃO 
FOTO E FUMAÇA A BORDO
PERDA TOTAL DA FORÇA ELÉTRICA 
FALTA DE COMBUSTÍVEL ( pane seca)
PERDA DA POTÊNCIA DOS MOTORES
SABOTAGEM 

DEVERES DA TRIPULAÇÃO 
CONHECER O LOCAL D EEQUIPAMENTOS
POUSO E DECOLAGEM E UMA EMERGICNIA EM POTENCIAL, ESTA SEMPRE 
ANTES DO EMBARQUE DOS PAX  OBSERVAR ALGUM DANO ESTRUTURAL NA AERONAVE. 
IDENTIFICAR TRIP EXTRA E PESSOAS QUE POSSAM AJUDAR EM UMA EMERGÊNCIA (BOMBEIRO, MILITAR, MEDICO)

DURATE TAXI DA AERONAVE
CHECAR POLTRONAS
CHEGAR MESINHAS
CHEGAR CINTOS DE SEGURANÇA 
AVISO DE NÃO FUMAR
GALLEYS FECHADAS E TRABAKDAS SEM MATERIAIS SOLTOS
CHECAR SE SCAPE ESTA ARMADO, 
DEMONSTRAÇÃO DO USO DAS MÁSCARAS!
INDICAÇÃO DAS LUZES DE EMERGÊNCIA ( das luzes no chão ou passarela ao longo do corredor ela é verde e perto da porta é vermelha ou laranja_ isso para, em caso de incêndio conseguir identificar a saída de emergência). Na lue
FEZER DEMOSTRAÇÃO DE USO COLETES SOLVA VIDAS E ASSENTOS FLUTUANTES.   O assentos são utilizados em vôos domésticos (o assentos duram em média 2 horas até o salvamento)
Assentos flutuantes é um equipamento individual de flutuação. 
Colete também é um equipamento individual de flutuação.  (Cada parte do colete suporta 60 kilos.  A luz  de emergência duram de 8 a 12 horas)
O bote Slider raft é coletivo. ( as luzes de emergência duram de 8 a 12 horas) 

Não deixar nas saídas de Emergências: 
Idosos, portadores de deficiência, crianças com menos de 15 anos, operados, qualquer pessoa que não possa prestar assistência ou ajuda aos passageiros

OBSERVAR 
A cada módulo de acento (conjunto de acentos) temos uma mascara a mais. 

DURANTE O EMBARQUE OBESEVAR BEBADOS , DESESPERADOS, GESTANTES, ETC. Se comprometer a segura, no caso dos bêbados, impedir o embarque. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário